segunda-feira, 28 de março de 2016

Amar em paz

Viver é um exercício todos os dias
Amar é algo divino
É difícil amanhecer sentindo o coração apertado, querendo sair pra vida e a mente não obedecer 
Estou decepcionada com tudo, cada dia me sinto mais só nesse mundo. 
Ninguém quer mas nada a realidade é essa, 
Dizem que ama, mas isso só até te levar pra cama
Dizem que ama, mas pisa você, machuca, provoca ciúmes, te destrói a mente e a alma.
Uma única vontade.
Sumir, evaporar
Eu não sou melhor, mais também não sou igual a essa humanidade vergonhosa,
Estou cansada de conhecer gente que não é gente
Cansada de ser amiga sozinha 
Meu coração já não suporta tanta dor.
Eu não quero nada demais só quero amar em paz
Quero que me ame em paz
Quero guerra de flores sem espinhos 
Palavras ferem como um punhal
Só quero ser amada
Me deixe amar você 
Quero um amor em paz 


domingo, 20 de março de 2016

Neoqeav

Meus olhos já não tem mais lágrimas para chorar.
Meu coração já não bate mais, meu coração tá parado e destruído desde q voltei, e não só por causa q estamos separadas mas por a conjunção d tudo amizade q achei ser verdadeira e eterna acabada decepções sem fim, tristezas sem limites e por aí vai. São tantas coisas q já não aguento mais.
Só quero q vc saiba d uma coisa. 
Nunca amei ninguém tão intensamente do jeito q eu te amo, nunca senti meu coração tão disparado da maneira q vc deixa, eu nunca senti tanto desejo por ninguém do jeito q eu desejo vc.
Neoqeav

Lidiane Conceição.

terça-feira, 15 de março de 2016

Disritmia

Meu desejo é navegar nas curvas do seu corpo
Me perde nas esquinas da tua pele macia
Quero me embriagar no gozo do teu ventre 
Embalar meu corpo nos sussurros, na disritmia do seu coração 


Tecendo o amor




E eu vou tecendo fio a fio
O meu caminho é incerto 
Meu pensamento está deserto
Flutuou em nuvens de gelo
Gelo meu corpo e fico estática 
Vou tecendo minha vida
Buscando um amor pra amar
Um lugar pra ficar 
Um lugar pra pisar 
Uma raiz pra fixar 
Enquanto isso 
Vou tecendo textos e versos 
Pra te encantar.

domingo, 13 de março de 2016

Uma nota

Sinto o vibrar de cada nota 
O vento que sopra
Das estrelas que brilham 
Do luar que me afaga
Sinto o calor que me aquece
E o frescor desses olhos que despi 
Me tirando o sossego 
Me deixando solta e leve 
E esse cheirinho que me enlouquece.


Doce como mel

Tenho toda doçura dentro de mim
Não permito que o azedume de pessoas frustrada penetre meu corpo, eu crio barreiras pra esse tipo de gente. Sou doce como o mais puro mel, meu recipiente e límpido e cristalino , por tanto, não costumo azeda. 

Cássia Freitas