domingo, 8 de fevereiro de 2015

Saudades de você

Nenhuma palavra é capaz de decifrar a dor da saudade
Ela comprime o peito
Embaralha os pensamentos
Faz jorrar lágrimas sem cessar

Sinto saudades do beijo
Do abraço
Saudades do cheiro
Dos amassos trocados


Saudade doida dos teus olhos olhando os meus
De cada palavra falada
Cada sussurro
Cada gemido escapados  tímidos
Saudades de você

Saudades de nossas brigas
Dos reencontros
Saudades das noites de lucidez
E das loucuras noturnas

Saudades...
Do lençol jogados
Dos travesseiro largados
Do banheiro molhado
Do sabonete perfumado azulado

Sinto saudades do primeiro olhar trocado
Das mãos se encontrando
Da nossa boca salivando
Do nosso corpo queimando

Lembro do detalhes da sua calça jeans
Da blusa que usava, soutien, das sandálias
Da mochila que carregava
Do perfume que exalava

 Saudades dos momentos vividos
O encontro
A despedida
Desejando o reencontro...



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê vida ao blog, deixe seu comentário ele é muito importante