domingo, 25 de maio de 2014

Novamente aconteceu


E de repente me vi apaixonada por ela novamente, nossos caminhos já havia se cruzado a algum tempo, foi tudo quase sem querer, e de uma hora pra outra eu me pegava pensando nela, sorria discretamente e balançava a cabeça negativamente, me negando a acreditar no que eu estava sentindo, ela uma menina ainda casada, como pude me deixar apaixonar, nossas conversar começara a fica constante, pela manhã a tarde noite, madrugada a dentro, até que passamos a dormir juntas com o telefone ligado, era como se vivêssemos realmente juntas...
Nesse período milhões de coisas foram acontecendo, passamos por momentos difíceis, brigas constantes, separações, voltas, e traições.
Não dava mais pra conviver, era muita pressão de ambos os lados.
Um ano sem se falar, cada uma sofrendo ao seu modo, nesse período mergulhei na vida de solteira, muitas noites sem dormir na farra, bebedeiras, mulheres, esse era meu jeito de me punir, pra ela sacanagem, putaria, pra mim alto flagelo da alma e do corpo eu sei o que passei, eu sei o que sentia depois, eu sei o quanto tudo isso me fez mal, mas que hoje me tornou uma pessoa melhor.
Hoje eu me pego novamente pensando nela, continuo rindo, continuo negando esse amor, temos vidas diferentes, pensamos diferentes.
Não sei até quando vai durar essa calmaria, mais quero aproveitar cada segundo ao lado dela, adoro faze-la sorrir com minhas palhaçadas, das besteiras que falo.
As vezes choramos juntas, o passado ainda ronda nossa vida, o passado ainda ronda nossa relação, e a momentos que é difícil se olhar, sem se negar, dialogar sem se alterar toda vez que aquele assunto volta, sei que teremos de resolver isso, uma do lado da outra, é difícil pra mim admitir que estou apaixonada novamente, mais o que posso fazer?
Vou continuar negando esse sentimento até quando?
Ja nos perdemos uma vez, e se acontecer outra vez, sera pra sempre..
Eu sei o quanto sofri com essa distância, eu sei o quanto ela também sofria com nosso afastamento, tentei ligar, tentei escrever, mas o orgulho ferido não me deixava completar, eu achando que ela estava bem, e ela achando que eu não estava nem ai pra ela..
Hoje eu só quero viver, cada momento que estivermos juntas, não quero mais vê-la chorar, e vou fazer o possível pra que isso não volte acontecer, quero cuidar, quero mimar, essa menina que conheci e que se transformou em mulher, não quero mais esconder que a amo, posso amanhã quebrar a cara, mais quero viver esse amor.

2 comentários:

  1. Que história linda. Adorei seu blog vou voltar a ler e tomara que vcs tenham finalmente conseguido e estejam felizes. Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Lindooooo! Emocionada aqui!

    ResponderExcluir

Dê vida ao blog, deixe seu comentário ele é muito importante