sábado, 24 de maio de 2014

Entrega total

E eu me vi novamente sua
Completamente sem vontades
Me vir dominada por essa paixão
Perdida nos seus braços
Entregue a você

Me vi novamente numa prisão sem grades
Torturada por essa paixão

Gosto de sentir você aqui dentro, fora de mim
Ao mesmo tempo que quero fugir

Você me arranha toda
Me ama por inteiro
Me tira o folego e o sossego

Você ê tão foraz ao me amar
E tão gostosa a me tocar,
Que chego as vezes a me faltar de tanto prazer que me dar.

Sei que não posso novamente me entregar
Mas como resistir a essa paixão
A essa falta de juizo que não me permite pensar

Meu corpo só quer se entregar
Minha boca só quer te beijar
Meu desejo só pensa em gozar e gozar

Um comentário:

Dê vida ao blog, deixe seu comentário ele é muito importante