quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Deixa eu ser, vem ser...


Andei pensando em você
Meus pensamentos estão confusos e consumindo meu ser
Sentimentos que me corrói o peito
Me vira pelo avesso
Onde encontrar você, não encontro saída
Vou partir, mais pra onde?
Como devo me comportar?
Uma confusão, tormento
Você, meus pensamentos
Já voei, por nuvens e me transformei
Gritei por você, me mostrei me expus
Gritei aos quatro ventos
Eu te amo, não foge de mim
Vem tenho muito pra te dar
Palavras a dizer
Deixa eu ser, vem me pertencer
Quero você, não mais em pensamentos
Quero você, corpo, pele, beijos
Uma dor, lagrima que cai, molha meu rosto
Me deixa ser,
Vem ser, o meu sustento
Tira essa dor doída do meu peito
Deixa eu ser...

Um comentário:

  1. Estava sentindo falta das tuas postagens, continue exercitando, expondo teu interior através de palavras. Beijos saudosos.........Ma

    ResponderExcluir

Dê vida ao blog, deixe seu comentário ele é muito importante