terça-feira, 31 de maio de 2011

CLARA "Uma mulher em busca da felicidade"

Era o ano 1985 quando Clara conheceu Bernadete. Clara recém separada de um casamento de 29 anos 3 filhos , cheia de duvidas e tendo que começar do zero, Um casamento turbulento, cheio de agressão ela resolveu naquele ano começar tudo novamente.
Depois de assinado o divorcio Clara sentiu-se livre foi como se um peso tivesse saido das suas costa, partiu pra uma vida ao lado doa filhos, no começo foi dificil mais ela conseguiu recomeçar... No principio na euforia da liberdade Clara se deu ao luxo de conhecer os melhores bares boates, conheceu cidades, pessoas.
Entre elas Bernadete, a mulher que iria mudar totalmente sua vida, e as mudanças foram inúmeras Clara tornou-se mais caseira, voltada pra educação dos seus filhos e Bernadete o grande amor da sua vida.
Elas iniciaram um torrído romance, Clara passou a conhecer o que era o verdadeiro amor, onde ela se despia de seus pudores e se entregava aquele romance de corpo e alma, as coisas entre as duas ia ficando muito mais seria, Clara então dá pra Bernadete a chave do seu apartamento, onde Bernadete naquele momento teria passe livre pra entrar e sair a hora em que desejasse, na realidade Clara as estava convidando a morar com ela, no começo Bernadete frequentava a casa a vida familia de Clara, participava efetivamente na educação das crianças que eram pequenas mais que as duas tomavam o maior cuidado para evitar qualquer troca de carinho na frente delas.. Dois anos já se passaram e Bernadete passou a frequentar a casa da familia de amigos, almoço, viagens em familia, todos a adoravam  a respeitavam. Clara sem perceber foi assumindo discretamente o seu romance com Bê, só que ela apaixonada não notava que Ela ja conhecia toda sua familia, quanto ela somente um irmão de Bernadete e mesmo assim por telefone.
 Clara notou que só ela na realidade estava se expondo, assumindo seu sentimento e Bernadete ai levando tudo obscuro tanto pra familia como para os amigos. mesmo por que ( Clara a quando conheceu Bernadete ela era masculinizada usava roupas fora de moda, não fazia unhas, sobrancelhas,  Clara por amor, a ajudou e colocou pra fora a fêmia que estava escondida dentro dela) Hoje Bernadete é uma mulher belíssima, todos notam sua mudança radical, e Os poucos amigos dela que tive o prazer de conhecer, me elogiam pela mudança que fiz nela..
Clara e Bernadete ja estavam entrando no 5º ano da relação, e Clara já não mais suportava aquela relação, onde ela era privada de tudo, por causa dos ciúmes de Bernadete ela se afastou  dos amigos, viagens não podia mais fazer sozinha, deixou de frequentar os cursos que gostava de fazer, Clara estava sendo enterrada viva por uma mulher que dela só usurpava sua felicidade, alegrias Clara ja não sorria mais, se trancou dentro de si e só seus livros e discos lhe faziam companhia, nem o telefone em casa ela podia atender sem ser indagada sem ser sabatinada por Bernadete... Um dia Clara resolveu dá um basta, deixou as crianças com o pai de seus filhos, arrumou as malas e saiu pra tirar um final de semana sozinha, no lugar que ela adorava e que lhe trazia paz e tranquilidade. Clara saiu com medo do que poderia acontecer na volta, mais foi...
E lá chegando, se hospedo no mesmo Hotel Fazenda que ia com seu ex marido (hoje seu melhor amigo) e as crianças.
No passeio da tarde, Clara conheceu varias pessoas entre elas uma bela mulher, feminina, com traços delicado, as duas acabou se indentificando passando a fazer o passeio a cavalo juntas. almoçaram juntas e a noite se encontram como todos ao pé de uma fogueira para ouvir moda de viola, todos conversavam e riam muito... Clara se afastou um pouco do grupo que foi logo seguida pela bela mulher, as duas caminhava e logo se acomodaram em um troco de arvore, logo ja estavam falando das suas vidas, dos amores, da familia, riram, ficaram em silêncio e o coração de Clara se ascendeu novamente, o frio começou a aperta e a bela resolveu voltar pra perto da fogueira, Clara ficou alí. observado seu caminhar os cabelos que flutuavam com o vento, baixou a cabeça e sorriu, achando que estava ficando louca, ficou mais alguns minutos e foi direto pro seu quarto sem se despede de ninguém...
Meia hora depois alguém bate em sua porta, Clara sem pergunta quem era abriu a porta, era ela, queria saber se Clara não precisava de alguma coisa, Clara surpresa só a olhou, e um silencio parou no ar, quando ela ia se despede Clara a convidou para entrar, pra conversar um pouco ou simplismente assiste ao filme que passava naquele momento, e  ela aceitou o convite, as duas sentaram-se encostada na cabeceira da cama cobrindo as pernas com aquela colcha grossa pois estava fazendo frio, ficaram em silêncio, como se uma esperasse a outra falar alguma coisa... foi quando a bela falou que já ia,  e quando ia se levantar Clara a segurou no braço e pediu pra ela não ir. Clara disse: Fica!
As duas se olharam nos olhos e..... AGUARDE O FINAL DESSA HISTORIA

domingo, 29 de maio de 2011

PENSANDO EM VOCÊ




Entre todas é a mais bela
Entre todas as estrelas o teu brilho é mais intenso
Entre todas as palavras que aprende
Teu nome é o mais perfeito
Não a cor mais bonita
Não a flor que mais me encante
Que o sorriso dos seus lábios
Não existe bebida que mais me embriague
Que o perfume do seu corpo
O cheiro que o vento trás dos seus cabelos
Não existe pecado nos seus braços
Só amor, paixão, desejo
Na sua boca eu me perco
E nos teus seios encontro aconchego.

domingo, 22 de maio de 2011

Distância


Depois da distancia o prazer
Prazer de abraçar
Prazer de estar perto
Prazer de ouvir a voz, sentir o cheiro
Depois da distancia
Prazer de sentir que o amor cresceu
Prazer de sente falta
Prazer de beijar de ser feliz
Depois da distancia
Prazer de Amar, amar e se entregar
Prazer de descobrir que a distancia só faz aumentar o amor.

sexta-feira, 13 de maio de 2011

beijar


Que vontade que estou de te beijar,
Já não aquento mais esperar
Eu quero te beijar, beijar e beijar
Eu quero sua respiração
Quero seu halito quente
Sua boca na minha
Eu quero te beijar, beijar e beijar

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Mais uma semana


Mais uma vez
Mais uma semana
Mais uma semana, sem ouvir a voz
sem olhar no olho
sem sentir o cheiro o gosto do beijo
Mais uma semana
sem poder dizer bom dia
Dormir de conchinha
Vou ter que me contentar novamente com as lembranças
Com bilhetes antigos
Fotos manchadas com minhas lagrimas
Mais uma semana
Pelo ar, nuvens passageiras como companheiras
Mais uma semana
Distante
Pensamentos constante
Coração batendo sem compasso
E eu aqui com saudades dos abraços.

terça-feira, 10 de maio de 2011

Pra Você



NESSE EXATO MOMENTO VOCÊ DEVE ESTA SÓ DIANTE DA TELA DO SEU COMPUTADOR.
CERTO?
APROVEITE E DESLIGUE-SE DO MUNDO NESSE MOMENTO, NÃO PENSE MAIS EM NADA, FECHE SEUS OLHOS RELAXE NA CADEIRA E ESCUTE, DEIXE QUE SEU CORAÇÃO SINTA A MUSICA , A MELODIA .
VIU SÓ! COMO SEU CORAÇÃO, SUA RESPIRAÇÃO E SEU SEMBLANTE FICOU MAIS TRANQUILO, E EM PAZ?

A MÚSICA É UMA TERAPIA, DÁ PAZ E ALEGRIA!!!

BOM DIA E VIVA A VIDA!

sábado, 7 de maio de 2011

M*Ã*E


Sentimentos revelados numa só palavra

M                 Ã                   E

Mãe são tantas as palavras pra a define
São tantas coisas pra dizer pra tí
Minha mãe, minha maínha
Te  amo minha rainha.

quarta-feira, 4 de maio de 2011


Por que que a vida é assim?
Quando mais se precisa que ela caminhe, mais ela fica lenta o tempo também não ajuda, o relógio parece quebrado, ponteiro caminha lentamente como que quisesse me dizer alguma coisa... Estou parada aqui a horas e ele não diz nada, quero caminhar, quero correr, quero encontrar, mais o que?
Eu, não sei
E o tempo anda lentamente e minha vida quer correr, quer encontrar...

terça-feira, 3 de maio de 2011

Eu sou...



Eu sou assim

Sou o que uns chama de encanto
Sou como a brisa que chega de mansinho e envolve todo espaço vazio
Sou a noite silenciosa, misteriosa
Sou o perfume do amanhecer
A beleza das rosas pra encantar você

Sou a luz, o caminho pra te fazer feliz
Sou o pássaro que voa em busca de seu ninho
Sou a paixão, sou o amor
Sou sossego, sou confusão
sou o que anda buscando no seu coração

Sou o sol da amanhã louca pra te esquentar
A chuva que molha seus lábios quando estar a caminhar
Sou esse suor que escorre pelo seu corpo depois de amar

Sou lucidez
sou loucura, escravidão
Sou aquela que te encanta
Que te entrelaça com as pernas colando seu sexo no meu

Sou você acordada
Sou você sonhando dormindo
Eu sou sua metade, alma, pele, sentimento
Sou exaustão
Sou sossego
Sou mansidão