sexta-feira, 29 de abril de 2011

A chuva que caí


Quando a chuva cai, sinto saudades de um mundo que é só meu.
Os pingos cristalinos me lembram seus olhos tão profundamente singelos.
Pingos que ao cair na areia se transformando em curvas, caminhos me lembra teu corpo
Pingos que em contato com a terra quente exala um perfume suave e que me fazem lembrar o perfume dos seus cabelos longos e cacheados.
O som que a chuva faz batendo na janela escorrendo pelo vidro
O vento que sobra os galhos das arvores fazendo suas gotas cair descompassada formando arco iris que refletem na luz dos farol e lâmpadas.
A chuva tras lembranças que são só minhas de um mundo que é só meu.

4 comentários:

  1. Fiz magia com todas as cores que tinha
    Fiz aparecer na tela um tocador
    Pintei-lhe um violoncelo a preceito
    Mas ele não sabia tocar uma música de amor…

    O amor nunca acontece sem amor
    Esta coisa do amor será fantasia?
    Será uma noite vestida de nostalgia?
    Será planta envergonhada que floresce ao fim do dia?

    Seja o que for, tem o nome de amor
    Acho bem que seja assim
    Há quem diga que se enraíza para sempre
    E floresce como planta de alecrim

    Doce beijo

    ResponderExcluir
  2. Que lindo O PROFETA...

    Se todos que passassem por aqui deixassem palavras tão belas,com toda certeza meu mundo seria muito mais colorido.

    Adorei e obrigado por cada verso...

    beijos

    ResponderExcluir
  3. Eu gosto da chuva naquela manhazinha de domingo aonde vc acorda e se sente feliz de não ter que levantar para trabalhar e olha para o lado a pessoa que vc mais ama no mundo ali dormindo, e como num impulso vc passa a mão pelo corpo todo da pessoa amada e ela se vira e olha pra vc, já sabendo o que vc quer e te abre um sorriso de retribuição, e como fundo musical aquela chuvinha que cai bem gostoso sem hora para acabar e você ali dentro daquela quarto, naquela cama sendo a pessoa mais feliz do mundo com a pessoa que ama e que te escolheu para viver o resto da vida e curtindo aquele momento mágico que seja eterno enquanto dure.
    Sonho de Valsa

    ResponderExcluir
  4. Uau sonho de valsa....

    Deu até pra bailar em sua narrativa, que gostoso tudo isso.

    Beijos minha anônima favorita

    ResponderExcluir

Dê vida ao blog, deixe seu comentário ele é muito importante