quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

MEDO




Tenho medo
Medo de sofrer
Medo de esquecer
Medo de não ser, de fazer
Tenho medo dos meus medos
Medo de abri meu coração
Medo de deixa-lo ser invadido
Pelas desiluções, das falsas paixões
Medo do sim, medo do não
Mais o meu medo maior é não poder te ver
Medo ficar longe
Medo da dor doida da saudade
Medo de não suporta
Medo de não poder voltar
Tenho medo das noites de solidão
Tenho medo da escuridão
Medo do que o espelho me diz
Medo de não mais, poder ser feliz
Mais apesar dos medos
Sinto meu coração invadido por sensações boas
Me vejo ser atraida pelo amor,
Atraida por uma queimação, a paixão!
A fé, a superação
Atraida pela vida,de gritar que te amo
De voar com o vento,
Correr contra o tempo.

Cássia Freitas
14/07/2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê vida ao blog, deixe seu comentário ele é muito importante